Associar-se

Como Associar-se

De acordo com seu Estatuto, a Abrarte é constituída por associados efetivos, em número ilimitado.

Saiba mais...

Galeria de Imagens

Galeria de Imagens

Visite nossa galeria de imagens, com fotos de apresentações e eventos promovidos pela ABRARTE

Ver galeria

Produtos

Loja Virtual ABRARTE

CDs, DVDs e Livros - Visite nossa loja virtual e conheça os produtos ABRARTE.

Visite a loja

 Para que haja um Encontro, basta existir comunhão...

O Amor pede passagem foi o tema central e condutor dos estudos e das atividades artísticas na cidade de Belém do Pará. O evento teve seu início no dia 2 de novembro com a recepção afetiva aos participantes realizada pela equipe Alegria, culminando com uma noite artística realizada no Teatro Gasômetro, onde participaram grupos e artistas espiritas das cidades de Macapá, Belém, Santarém, Tucuruí e Ananindeua.

A Mostra reuniu uma centena de trabalhadores ligados à arte em suas regiões, promovendo atividades de estudo doutrinário, centros de interesses de diversas linguagens artísticas e apresentações. Destaca-se entre as atividades o espaço dedicado às artes visuais com exposições e instalações das artistas Sissy Eiko (São Paulo/SP), Jô Benevides (Belém/PA) e Isis Celestes (Macapá/AP).

A noite do dia 4 foi dedicada a um sarau em espaço aberto dentro da Associação Lar de Maria, que acolheu o evento, brindados pela lua cheia, onde artistas participantes se revezaram no palco enquanto barraquinhas de comidas típicas instaladas por instituições espíritas locais ofereciam a oportunidade da característica da culinária paraense.
O evento foi finalizado com uma sequência de apresentações artísticas na manhã de domingo aberta ao púbico da cidade de Belém.

A 2a Mostra Abrarte Norte de Arte Espírita foi promovida pela Abrarte em parceria com a União Espírita Paraense (UEP) e da Instituição Assistencial Espírita Lar de Maria.

Notícias Recentes

Mais Lidas

Receba nosso Informativo

Assine nosso Informativo e fique por dentro de tudo que está acontecendo na ABRARTE.